"Nove e nove? Eu: dezenove... Eu só sabia rimar... Matemática de poeta: quem erra depois acerta, quem acerta pode errar"
Meu Bê-a-bá
(Luiz Fidelis)
letras
O Verbo Se
(Accioly Neto/ Santanna)


Dizem que os olhos da gente
So as janelas da alma
Que o mundo no pode abrir
E eu preservo os meus segredos
Por quantos dias no sei
Pra quem ousar descobrir
Dizem que os olhos da gente
Revelam, entregam.
Que quanto mais for profundo
Mais fcil se trai
As intenes l de dentro
Desejos ocultos
De certas bocas que dizem:
Voc nunca mais!
Dessa gua no beberei
Eu nunca mais vou ser triste
Desse tempo eu j passei
O verbo se no existe.


© Copyrigth 2009
Santanna O Cantador
Contato para shows:
(81) 99986 1783
Desenvolvimento:
SER Digital